A PLATAFORMA | NOVIDADES

Cenário

Início:

Prática:

 

 

Informatização:

O QUE PODE OCORRER COM AS EMPRESAS QUE NÃO ATENDEREM AS EXIGÊNCIAS DO ESOCIAL?

  • 1: Aplicação de penalidades e multas.

  • 2: Não processamento de impostos e folha de pagamento.

  • 3: Funcionamento indevido de PJ.

Com o início do eSocial, o Governo automatiza parte de seus processos e amplia sua capacidade de fiscalização, agilizando intercorrências decorrentes de não atendimento a requisitos legais de todos os empregadores e garantindo o cumprimento da legislação em vigor, assim como melhorando a formulação de políticas públicas.

Todas empresas devem ajustar suas rotinas e processos internos antes do início da prestação de informações a plataforma do Governo.

A partir de 2018, o risco de penalidades às empresas aumenta consideravelmente, pois todas as informações estarão centralizadas em uma base única do governo, que agilizará o trabalho da fiscalização.

O eSocial instituirá uma forma mais simples, barata e eficiente para que as empresas possam cumprir suas obrigações com o poder público e com seus próprios funcionários. Quando totalmente implementado, o eSocial representará a substituição de 15 prestações de informações ao governo – como GFIP, RAIS, CAGED e DIRF – por apenas uma.

O eSocial não introduzirá  nenhuma nova obrigação. As informações que serão encaminhadas ao programa já precisam ser registradas hoje pelas empresas em diferentes datas e meios, alguns deles ainda em papel.

  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

© 2015 by Safety Quest SSQMA SS Ltda.

Acesse nossas redes sociais

Nossa apresentação